Discussão familiar resulta em um rack com restos mortais

No dia 16 de maio de 2013, na Inglaterra, Nathan Robinson matou e esquartejou o pai, de 48 anos, com um canivete suíço, serrote e uma serra, guardando cada pedaço do corpo em caixas, usando-as como rack para a televisão.

O crime foi motivado por uma briga entre os dois, em que o assunto principal era dinheiro. O vizinho do andar de baixo alega ter escutado uma briga dos dois, pouco antes do crime acontecer, e diz que escutou o pai falando “você espera que eu te banque até o fim da minha vida?”

Robinson, para disfarçar o crime, usava o telefone do pai mandando mensagens se passando por ele. Fez uma lista de tarefas, pagou o aluguel e contratou um veículo de limpeza para tentar se livrar das provas que o incriminava. Nesse tempo, o assassino roubou cerca de R$ 31 mil e foi para Glasgow onde gastou aproximadamente R$1,2 mil em bebidas, alimentação e prostitutas.

O mesmo vizinho que escutou a briga também disse que havia um líquido “rosado” escorrendo no teto de seu banheiro e, quando foi investigar, disse que Robinson parecia tão calmo, até demais para quem havia acabado de esquartejar alguém.

O promotor do caso explicou que a mancha era sangue diluído com algum produto de limpeza e disse também ter provas de que Nathan devia ao pai R$145,8 mil, dinheiro que havia sido emprestado a ele para uma viagem à Tailândia.

O corpo foi encontrado um mês depois, quando a namorada da vítima percebeu que ele não respondia mais suas mensagens. Ao entrar no apartamento a polícia contou que sentiram um cheiro extremamente forte e encontraram as caixas rodeadas de moscas. A cabeça estava separada, escondida dentro do guarda-roupa de Robinson.

Nathan dizia que aquilo foi uma forma de vingança por conta de abusos sexuais cometidos por parte de seu pai e também conta que ele estava em um momento de surto. Os advogados tentaram alegar insanidade, porém o pedido foi negado. Em 2014, mais ou menos um ano depois do caso, com 28 anos, Nathan foi condenado à prisão perpétua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s