Mulher recebe 2 mil chamadas telefônicas de um Assediador Serial

Você já se imaginou em estar em uma situação de ser assediado por um objeto inanimado? Ainda que a história pareça ter sido retirada dos livros de Stephen King, em 1995, a americana Donna Graybeal foi atormentada e assediada pelo telefone em uma sequência digna de um filme de terror. Ao longo de seis meses, ela recebeu um total de 2.688 chamadas estranhas em sua casa, em Massachusetts (EUA).

 Seu telefone tocava a cada 90 minutos em intervalos constantes, todos os dias initerruptamente, e sempre que ela atendia, não ouvia a voz de ninguém, somente uma espécie de respiração por alguns segundos, um clique e depois o tom de discagem. Essa situação estava enlouquecendo Graybeal que, por diversas vezes, gritava ao telefone “Fale alguma coisa. Despeje suas obscenidades logo e me deixe em paz. Este silêncio está me deixando louca”.

Aterrorizada e impulsionada pelo desespero, Graybeal decidiu buscar auxílio com a polícia, e eles rastrearam as chamadas até a casa de Theodore e Elisabeth James, um casal em Potomac, Maryland (EUA). No entanto, os James eram completamente inocentes.

As chamadas misteriosas haviam sido feitas, na verdade, por um culpado muito improvável. O “assediador” era, na verdade, um tanque de aquecimento a óleo no porão da casa. O tanque não estava mais sendo usado, porém, oito anos antes, um dispositivo de auto discagem havia sido instalado no tanque pelo seu fabricante, a empresa Steuart Petroleum. O dispositivo foi projetado para ligar automaticamente para a empresa e informá-los sempre que estivesse com pouco combustível. O número foi desligado em fevereiro de 1995. Mais tarde, Donna Graybeal solicitou uma instalação de telefone em sua residência e recebeu exatamente o mesmo número que era da empresa Steuart Petroleum, passando a receber as ligações automáticas avisando sobre a falta de óleo.

No final das contas, Donna Graybeal foi contatada mais de 2.000 vezes por um objeto inanimado. Elisabeth James declarou “A pobre Donna foi assediada durante meses por nosso tanque de óleo”.

Sobre as providências que poderiam ser tomadas no caso, a Federal Trade Commission (FTC), que redige e aplica regras voltadas para o uso telemarketing nos Estados Unidos, mencionou que nada poderia fazer: “Isso ainda não seria telemarketing. Tem que haver uma campanha para induzir as vendas, e este velho tanque de óleo não estava tentando vender nada.” disse o porta-voz da FTC, Allen Hile. 

Ninguém sabe ao certo o que trouxe o tanque de óleo à vida. Harold Herman, supervisor de manutenção de cabos da Bell Atlantic, que rastreou as ligações, disse que pode ter sido uma queda de energia ou um raio. “Algo ressuscitou a máquina de seu sono profundo, e ela acordou e começou a discar”, disse Herman. “É uma daquelas histórias de conto de terror e fazem você parar e coçar a cabeça.” No cinema, vimos a empresa futurista SkyNet nos enviar um robô com a cara do Arnold Schwarzenegger, usando jaquetas de couro e empunhando uma espingarda. Em nossa realidade, o “sistema” acorda tanques de óleo antigos e os força a fazer trotes aleatórios para mulheres. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s