Atentado ao World Trade Center – o 11 de setembro que entrou para a história


Torres Gêmeas em chamas após os ataques terroristas

Os ataques ou atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 foram uma sequência de ataques suicidas contra os Estados Unidos, organizados pelo grupo fundamentalista islâmico al-Qaeda.

O DIA DO ATENTADO
O atentado de 11 de setembro foi elaborado pelo grupo terrorista Al-Qaeda, uma organização fundamentalista islâmica internacional fundada em agosto de 1988 por Osama bin Laden, Abdullah Azzam e outros combatentes da guerra soviética-afegã. A entidade é constituída por células colaborativas e independentes que visam disputar o poder geopolítico no Oriente Médio.

Osama bin-Laden, um dos líderes da al-Qaeda
Abdullah Azzam, um dos líderes da al-Qaeda

Naquele dia, os terroristas sequestraram aviões comerciais e embarcaram em quatro voos diferentes, que decolaram da costa leste dos Estados Unidos e pousariam na Califórnia. Os voos eram de diferentes empresas aéreas norte-americanas, a American Airlines (AA) e a United Airlines (UA):

Voo 11 da AA: esse voo decolou de Boston para Los Angeles. Foi o primeiro avião a colidir contra as Torres Gêmeas e atingiu a Torre Norte. O avião foi sequestrado por cinco membros da al-Qaeda, e Mohamed Atta colidiu contra a Torre Norte do World Trade Center em Nova Iorque, matando todas as 92 pessoas a bordo e 1402 no edifício.

-Voo 175 da AA: esse voo também decolou de Boston com destino a Los Angeles. Foi o segundo avião a colidir contra as Torres Gêmeas e atingiu a Torre Sul. Os terroristas que sequestraram o voo 175 embarcaram no aeroporto de Logan, em Boston (MA). Havia 51 passageiros, 9 tripulantes e 5 sequestradores a bordo da aeronave Boeing 767-200.

-Voo 77 da AA: esse avião decolou de Washington com o propósito de chegar em Los Angeles, mas foi lançado pelos terroristas contra o Pentágono, colidindo com a parte oeste do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, matando 189 pessoas (125 vítimas no prédio, 59 a bordo do avião e os cinco terroristas do atentado).

-Voo 93 da UA: o avião decolou de Newark e com destino a São Francisco. Seria lançado contra o Capitólio, mas caiu antes de atingir seu alvo.

MOMENTO EM QUE TUDO COMEÇOU
Tudo começou com o embarque dos 19 terroristas em cada voo citado. Depois que as aeronaves estavam no ambiente aéreo americano, os terroristas tomaram controle delas para realizar o plano. O voo 11 da AA decolou às 07:59 e, minutos depois, às 08:46, foi lançado contra a Torre Norte do World Trade Center.

O World Trade Center era um conglomerado formado por sete edifícios, sendo as Torres Gêmeas as mais conhecidas, além de um cartão postal de Nova York. Inaugurado em 1973, o complexo ficava no centro financeiro da cidade e, no instante do ataque, cerca de 15 mil pessoas estavam no local.

Poucos minutos depois, às 09:03, o voo 175 da AA foi lançado contra a Torre Sul do WTC. O ataque à segunda torre ampliou o grau de devastação do atentado e aumentou o número de mortos em Nova Iorque. Às 09:37, o voo 77 da AA foi lançado contra o Pentágono.

Nesse momento, a informação de que o país passava por um atentado terrorista já era do conhecimento das autoridades.

George W. Bush estava lendo uma história para crianças em uma escola em Sarasota, na Flórida, quando foi informado pelo seu assessor sobre os atentados

Com os ataques em curso, as autoridades americanas interviram para minimizar o número de mortos e para resgatar feridos. Logo após o ataque à primeira torre, a imprensa começou a fazer a cobertura do atentado e, no momento em que a segunda torre foi atacada, as imagens foram transmitidas ao vivo para o mundo.
A transmissão dos ataques contra as Torres acompanhou o trabalho de resgaste e o incêndio que atingiu o prédio. O incêndio se deu por alguns minutos nos mais altos andares das Torres Gêmeas e resultou no superaquecimento da estrutura do prédio, que não suportou os danos e desabou.

Às 09:59, a Torre Sul desmoronou e, às 10:28, aTorre Norte também. Em relação ao momento do ataque contra o Pentágono, as imagens disponíveis são escassas. Também não existem imagens disponíveis do momento da queda do voo 93 da UA.

OS RESULTADOS DOS ATAQUES
Após realizado todo o trabalho de contagem das vítimas, concluiu-se que o atentado de 11 de setembro resultou em 2996 mortes, das quais: 2606 eram pessoas que morreram em Nova Iorque, 125 que morreram no Pentágono e 246 que morreram nos aviões (tripulação e passageiros inclusos). Por fim, contabiliza-se também a morte dos 19 terroristas.
Além disso, esse foi o primeiro grande ataque que os Estados Unidos sofreram em seu território desde a ofensiva realizada pelos japoneses contra a base naval de Pearl Harbor, em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial.

O QUE MOTIVOU OS ATAQUES?
Considera-se que o grande motivo do ataque foi o extremismo de Bin Laden e sua organização, que considerava os Estados Unidos um grande inimigo por conta da presença de tropas americanas no Oriente Médio. A relação de Osama bin Laden com os Estados Unidos remonta à década de 1980.
No final da década de 1970, por conta do contexto da Guerra Fria, os americanos passaram a investir em forças de oposição no interior do Afeganistão. A intenção era enfraquecer o governo comunista daquele país e forçar os soviéticos a interferir na situação (a ideia era fazer a União Soviética gastar recursos em uma guerra).

Membros da al-Qaeda

CONSEQUÊNCIAS DOS ATAQUES
O atentado gerou uma grande comoção nos Estados Unidos e a reação do governo norte-americano foi imediata. Em outubro de 2001, o exército americano iniciou a invasão do Afeganistão. O objetivo era derrubar o Talibã, o governo (também de orientação fundamentalista) que havia dado abrigo à Al-Qaeda.
A invasão dos norte-americanos derrubou o Talibã, mas até hoje não conseguiu normalizar a situação do país. Atualmente ainda existem combates no Afeganistão contra tropas do Talibã, que procura recuperar o poder. A consequência dessa invasão para o Afeganistão foi que, entre 2001 e 2016, só entre civis, cerca de 31 mil pessoas morreram.
No caso dos Estados Unidos, as normas de segurança de voos comerciais tornaram-se extremamente rígidas, e o país tomou medidas duras para combater o terrorismo. Por essa razão, foi criada uma lei chamada de Ato Patriota, que, posteriormente, foi substituída pelo USA Freedom Act.

OSAMA BIN LADEN, PRINCIPAL LÍDER DA AL-QAEDA, É CAPTURADO

Bin Laden foi capturado e morto no dia 2 de maio de 2011, durante a Operação Lança de Neptuno, codinome usado pelas tropas estadunidenses para referir-se a ele. Nesse dia o então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, informou em conferência à imprensa que Bin Laden havia morrido na cidade paquistanesa de Abbottabad. Segundo a versão oficial, Osama teria sido capturado e morto em um esconderijo nos arredores da cidade por forças da Joint Special Operations Command em conjunção com a CIA, e que o governo desse país colaborou para a localização do paradeiro do terrorista. O cadáver foi mantido sob custódia militar e amostras de DNA, que foram comparadas com as amostras de uma irmã dele – a qual morrera de câncer no cérebro –, confirmaram sua identidade. Outros métodos, como reconhecimento facial, garantiram que o capturado era mesmo o terrorista.

AL-QUAEDA NOS DIAS DE HOJE
Atualmente, a Al-Qaeda, sob o comando de Ayman al-Zawahiri, possui bases em vários países (Somália, Argélia, Líbia, Chade, etc.), suas ações terroristas ocorrem em nações ocidentais e em países muçulmanos que apoiam os Estados Unidos, como a Arábia Saudita, a Turquia e a Indonésia.

MEMORIAL E MUSEU NACIONAL DO 11 DE SETEMBRO

O Museu e Memorial Nacional do 11 de setembro é, como o próprio nome já diz, um memorial e um museu criados no local onde ficavam as torres do World Trade Center, em Nova York.
O memorial foi planejado logo após os ataques e a destruição do World Trade Center para lembrar as vítimas e os envolvidos no resgate. A “Nacional 11 set Memorial & Museum at the World Trade Center” é uma corporação sem fins lucrativos com a missão de arrecadar fundos para manter e operar o memorial e o museu. A construção foi inaugurada no dia 11 de setembro de 2011.


2 comentários em “Atentado ao World Trade Center – o 11 de setembro que entrou para a história

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: