O assassinato brutal de James Bulger, cometido por duas crianças de 10 anos.

No dia 12 de fevereiro de 1993, James Bulger – de apenas dois anos – estava passeando com sua mãe, Denise, no New Strand Shopping Center, na Inglaterra.

Enquanto estava em uma loja, Denise distraiu-se, deixando James de lado. Por volta das 16 horas, ela notou que seu filho havia desaparecido. Ao consultar o sistema de monitoramento da loja em que estava, viu pela câmera de segurança que James havia sido sequestrado por duas crianças.

As duas crianças eram Robert Thompson e Jon Venables – ambos com 10 anos. Antes de sequestrarem James, eles foram vistos durante o dia roubando vários itens (incluindo doces, uma boneca troll, algumas baterias e uma lata de tinta azul). Além disso, observavam algumas crianças, aparentemente em busca de um alvo.

Após o sequestro, os dois meninos levaram James para um terreno baldio próximo à estação ferroviária de Walton & Anfield, onde começaram a torturá-lo.

Um dos garotos jogou tinta azul, que haviam roubado anteriormente, no olho esquerdo de James. Logo depois, começaram a chutar, pisotear e jogar tijolos e pedras. Em seguida, colocaram bateria na boca e no ânus de James.

Posteriormente, Robert e Jon arremessaram uma barra de ferro de 10kg em cima de Bulger. Ele sofreu 10 fraturas no crânio em decorrência disso. James já estava morto quando as duas crianças levaram seu corpo até os trilhos da estação e o abandonaram, na esperança de que o trem passasse por cima do cadáver, simulando um acidente.

Dois dias depois, o corpo de James foi encontrado partido ao meio, devido ao atropelamento. A polícia suspeitou de que houvesse um elemento sexual no crime, uma vez que os sapatos, meias, calças e cuecas de James haviam sido removidos.

Os investigadores foram atrás de testemunhas que teriam visto os criminosos. Cerca de 38 pessoas afirmaram ter visto James chorando acompanhado de Jon e Robert, mas preferiram não se intrometer. Duas pessoas desafiaram os dois garotos, mas eles alegaram que James era apenas o seu irmão mais novo ou que ele estava perdido e o estavam levando para a delegacia local.

No entanto, os assassinos só foram localizados após uma mulher reconhecer Venables e Thompson como seus vizinhos e então a prisão foi efetuada. Os dois foram encontrados com vestígios de tinta azul e sangue de James nas roupas.

Durante o interrogatório, os dois garotos tentaram jogar a culpa um no outro, mas Robert Thompson foi identificado como figura principal na morte brutal. Dizem que Thompson perguntou à polícia se o menino de dois anos foi levado ao hospital para “recuperar a vida”.

Jon Venables mais tarde descreveu como James Bulger parecia gostar dele, segurando sua mão e permitindo que ele o levasse até o local onde seria morto.

Laurence Lee, que foi o advogado de Jon Venables durante o julgamento, disse posteriormente que Robert Thompson era uma das crianças mais assustadoras que ele já viu. E que, após sua aparição no tribunal, Jon Venables tirava a roupa dizendo: “Eu posso sentir o cheiro de James, como um cheiro de bebê”.

Robert Thompson e Jon Venables foram considerados culpados pelo assassinato de James Bulger em 24 de novembro de 1993. Os meninos foram condenados a um período mínimo de reclusão de oito anos, mas após diversos pedidos – incluindo uma petição com 280 mil assinaturas – o tempo mínimo foi aumentado para quinze anos.

Em 2001, logo após Jon Venables e Robert Thompson completarem 18 anos, os dois foram liberados com novas identidades e moradias pagas pelo governo.

Desde então, pouco se sabe sobre Robert Thompson. Já Jon Venables teve novos problemas com a Justiça após envolvimento com pornografia infantil e foi preso novamente em 2010 e 2017.

A última tentativa de manter a identidade de Venables em segredo custou aos contribuintes mais de £65.000, segundo dados oficiais


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: