O Massacre em Westroads Mall


O massacre ocorreu em 5 de dezembro de 2007, na loja de departamentos Von Maur no Shopping Westroads em Omaha, Nebraska, nos EUA. O atirador, Robert A. Hawkins, de vinte anos, matou oito pessoas e feriu quatro, antes de cometer suicídio.

O jovem, ainda desarmado e vestido com roupas escuras, adentrou a loja Von Maur, que estava cheia de clientes que realizavam suas compras de natal, pela entrada sul, ás 13:36. Ele caminhou por uma curta distância, realizando uma varredura, e deixou a loja.

Robert andando desarmado pela entrada da loja.

Cerca de alguns minutos após deixar a loja, ás 13:42 Robert retorna pela mesma entrada e segue pelo elevador até o terceiro andar, onde abre fogo com um fuzil AK-47, contra funcionários e clientes. O tiroteio durou cerca de seis minutos, atingindo doze pessoas no total.

Robert adentrando a loja para realizar os disparos.
Robert realizando os disparos com a AK-47.

Oito pessoas foram mortas por Hawkins durante o tiroteio. Seis eram funcionárias da loja Von Maur, mortas instantaneamente e os outros dois, eram clientes. Um deles morreu antes de chegar ao hospital, e outro morreu 45 minutos após ser atendido, em outra unidade.

Identificação das vítimas.
Fotos das vítimas.

A polícia diz não ter encontrado relação entre o jovem, os seis funcionários da loja e os dois consumidores que ele matou. Quatro das doze vítimas atingidas por Hawkins, sobreviveram. Dois funcionários, que foram gravemente feridos e dois clientes que foram tratados e liberados.

Identificação dos feridos.

A polícia chegou no local alguns minutos depois de receber a primeira chamada do 911, de 70 segundos, onde tudo o que o atendente ouviu, foram tiros. As fitas de áudio do 911 e as imagens capturadas pela câmera de segurança do local foram liberados dois dias após o ocorrido.

Testemunhas fugindo do local onde ocorria os disparos.

“Ouvimos uns 35, 40 disparos, e quando saímos, vimos alguém caído nas escadas, sangrando”, disse uma testemunha.

“Eu estava lá, pronto para voltar ao trabalho, quando ouvi esse ‘bang, bang, bang’. Pareciam fogos de artifício”, contou outra testemunha.

Testemunhas do lado de fora da loja Von Maur.

Uma hora antes do crime, a mãe de Robert deu ao Departamento do Xerife do condado de Sarpy sua nota de suicídio, que dizia: “Eu só quero levar alguns pedaços de merda comigo… só acho que, eu vou ser famoso.” e também que “queria ir com estilo”.

Hawkins sofria de depressão e ameaçava sua madrasta de morte, portanto foi internado em uma clínica psiquiátrica em 2002, onde permaneceu por 4 anos. No total, as autoridades disseram que o Estado gastou US$ 265 mil (cerca de R$ 470 mil na época) em tratamentos para Robert.

O jovem de 20 anos, já tinha sido condenado por um delito grave relacionado a drogas e foi considerado culpado por diversas contravenções como beber álcool sendo menor de 21 anos, que lhe valeram uma pena leve de detenção apenas 11 dias antes do tiroteio.

Robert A. Hawkins

Robert havia sido expulso de casa após o divórcio dos pais, morava com dois amigo e a mãe deles, Debora Maruca. Debora conta que: “Quando ele chegou em casa, era introvertido, um jovem cheio de conflitos que mais parecia um cachorrinho perdido que ninguém queria.”

Debora Maruca.

Ela afirmou ainda que Hawkins havia sido demitido de seu emprego numa loja do McDonald’s na mesma semana e havia rompido seu namoro recentemente. Segundo ela, o jovem a telefonou por volta das 13:00 do dia 05 para dizer que havia deixado o bilhete em seu travesseiro.

Robert Hawkins.

De acordo com Maruca, ele não estava tomando antidepressivos, mas havia feito tratamentos contra a depressão e déficit de atenção. “Ele sofria de problemas com bebidas e, às vezes, fumava maconha no quarto”, afirmou. “Robbie gostava de ouvir música e jogar videogame.

Maribel Rodriguez, mãe de Robert, afirmou em uma entrevista para a KETV que o filho a havia visitado para o jantar na noite anterior e enquanto estava na casa de sua mãe, o garoto deu vários beijos e abraços em sua mãe e suas duas irmãs.

Robert e Maribel, sua mãe.

Na mesma noite e sem que ninguém visse, Robert foi até o quarto de sua mãe e pegou de dentro de seu guarda-roupas a arma de seu padrasto, a AK-47 utilizada no tiroteio. Ele ainda mostrou a arma à Debora Maruca, que alega ter pensado que a arma parecia velha demais para funcionar.

A ex-namorada de Hawkins, que preferiu não se identificar, contou à policia que ele havia enviado mensagens de texto a ela, momentos antes do ataque, onde ele pedia desculpas pelo fim do relacionamento e que “já era tarde demais”.

Robert Hawkins.

A sede corporativa de Von Maur em Iowa, emitiu uma declaração dizendo: “Estamos profundamente entristecidos pelo espantoso tiroteio em nossa loja em Omaha esta tarde. Nosso pensamento e orações estão com as vítimas deste trágico evento, bem como suas famílias.”

Westroads Mall também afirmou em seu site: “Nossos pensamentos e orações permanecem com todos os afetados por esta tragédia.” Seu site também indicou que o shopping ficaria fechado até o dia 8 de dezembro. No entanto, a loja onde ocorreu o incidente, não abriu até 20 de dezembro.

Fachada da loja Von Maur.

Diversos itens para homenagear àqueles que foram mortos dentro da loja (como flores, ursos de pelúcia, cartazes e fotos) foram deixados na escadaria que dava acesso à entrada sul, por onde Robert entrou.

Homenagens deixadas pela população.

Robert cometeu suicídio no mesmo local, com um tiro na cabeça, morrendo na hora. Até janeiro de 2008, o fundo para as famílias das vítimas ultrapassou um milhão de dólares. Esse foi o mais mortífero assassinato em massa no Nebraska desde o ataque de Charles Starkweather em 1958.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: